Em nosso artigo, apresentamos os diferentes formatos de conteúdo patrocinado do LinkedIn. Você também terá uma ideia de como o gerente de campanha do LinkedIn pode ser usado para criação, controle e otimização.

Conforme anunciado em nosso artigo anterior em nossa série do LinkedIn, desta vez há uma visão geral de tudo o que há para saber sobre o conteúdo patrocinado do LinkedIn. 

Conteúdo patrocinado: formatos pagos

Além dos formatos de conteúdo básicos do LinkedIn, há o chamado conteúdo patrocinado: conteúdo que o LinkedIn oferece mediante pagamento com direcionamento direcionado a usuários que, de outra forma, não veriam seu conteúdo. Esses custos podem valer a pena. O LinkedIn tem uma base de usuários muito específica e fornece ferramentas abrangentes para permitir uma segmentação eficiente de seu grupo-alvo.

Segmentação ideal – alto impacto

Muitos usuários do LinkedIn têm grande interesse em manter seus perfis do LinkedIn completos e atualizados. 

Isso cria um banco de dados muito detalhado para o LinkedIn que permite que você ajuste o direcionamento de seu conteúdo patrocinado. Além das opções clássicas, como país, idioma, idade, etc., é possível abordar grupos-alvo usando os fatores habilidades, interesses, experiência profissional, etc. 

Por exemplo, você pode alternar o conteúdo patrocinado de forma que ele alcance apenas pessoas em uma posição de liderança em uma função que é importante para você em um determinado setor ou empresa. É claro que isso é muito útil, especialmente para empresas B2B.

Isso minimiza o desperdício e aumenta a eficácia do conteúdo, pois o conteúdo pode ser adaptado precisamente aos desejos e necessidades do grupo-alvo.

O gerente de campanha

Como administrador: no perfil de uma empresa, você pode usar o gerente de campanha para orientá-lo na criação de uma campanha. Use esta ferramenta para planejar e criar sua campanha. Você define a meta da campanha, o grupo-alvo, o formato do anúncio e seu orçamento em etapas individuais. O Conteúdo patrocinado permite que você compartilhe postagens no site da sua empresa com um público-alvo de sua escolha no LinkedIn.

Os seguintes formatos de publicidade estão disponíveis:

1. Atualização patrocinada do LinkedIn

Uma atualização patrocinada é uma atualização da empresa ou página de foco que não só aparece no feed de notícias de seus próprios contatos, mas também é vista por usuários que não seguem a empresa . Esses usuários fazem parte de um grupo-alvo previamente definido no gerenciador de campanha.

2. Conteúdo patrocinado direto

Conteúdo patrocinado direto é o conteúdo patrocinado que não aparece na página da empresa ou na página em foco da sua empresa. Ele é exibido exclusivamente no feed do grupo-alvo previamente definido. 

Isso tem várias vantagens em comparação com o conteúdo patrocinado:

  • Em termos de conteúdo e design, você pode divergir até certo ponto do estilo do site da sua empresa.
  • Você não corre o risco de incomodar seus contatos existentes com conteúdo promocional, porque o conteúdo patrocinado direto não aparece em seu feed.
  • O conteúdo patrocinado direto não será incorporado em sua página de perfil.

Os três formatos de anúncio de conteúdo patrocinado (direto)

Existem três formatos de anúncio diferentes que são exibidos por meio do respectivo feed de notícias:

  • Anúncios de imagem única Este anúncio contém uma imagem em combinação com o texto apropriado e aparece diretamente no feed do LinkedIn do seu grupo-alvo selecionado.
  • Anúncios carrossel Com os anúncios carrossel, várias imagens são exibidas uma após a outra em um estilo carrossel. Ao criar o anúncio carrossel para que tenha imagens, texto e links claros, você pode contar uma breve história com ele. 
  • Anúncios em vídeo O anúncio em vídeo atrai mais atenção e oferece as mais diversas possibilidades. Com os anúncios em vídeo, você pode contar histórias inteiras sobre sua empresa e a marca, seus produtos e seus sucessos.
Tipos de conteúdos patrocinados no LinkedIn

Tres dicas

  1. Use imagens atraentes e significativas que são acompanhadas por texto curto e nítido.
  2. Ao planejar uma atualização patrocinada, o seguinte é muito importante: Escolha um conteúdo forte que seja igualmente interessante para seus seguidores e seu público-alvo. Muito conteúdo promocional pode incomodar seus contatos existentes.
  3. Ao criar, concentre-se no público com a maior taxa de engajamento.

3. Anúncios de mensagens patrocinadas do LinkedIn

Os anúncios de mensagens patrocinadas aparecem diretamente na caixa de entrada do usuário no LinkedIn e, portanto, também são chamados de LinkedIn InMail Marketing. Uma distinção é feita entre duas formas diferentes:

Anúncios de mensagem do LinkedIn 

Anúncios de mensagem são emails patrocinados que são exibidos para um grupo-alvo definido diretamente em sua caixa de correio do LinkedIn. Eles oferecem opções de personalização e são enviados a partir de um perfil pessoal autodefinido. Isso faz você parecer menos promocional e muito mais pessoal. A mensagem só é exibida para os usuários quando eles estão realmente ativos no LinkedIn, o que aumenta a probabilidade de que seja realmente notada e lida. 

Anúncios de conversa no LinkedIn

Esse formato tem como objetivo representar um desenvolvimento posterior do formato de anúncios de mensagem e garantir mais engajamento nas mensagens. Em comparação com os anúncios de massagem, os anúncios de conversa foram expandidos para incluir algumas opções com as quais a personalização do conteúdo deve ser aumentada. 

Nos anúncios de conversa, você pode incorporar vários botões CTA (call to action) vinculados às suas páginas de destino, abrir um formulário de geração de leads do LinkedIn e incentivar a interação com mais informações na próxima mensagem. Com uma estrutura criada por você, você pode decidir se, dependendo da seleção de ações dos usuários: dentro, será dada uma resposta coordenada e previamente definida. De acordo com o LinkedIn, isso deve ser visto como uma experiência de publicidade interativa.

A vantagem sobre os anúncios de mensagem:

  • A frase de chamariz é enviada apenas aos membros do LinkedIn que estão ativos na plataforma no momento do envio. Isso deve levar a que o compromisso ocorra de forma máxima.

Três dicas:

  1. Personalização! Com os campos do LinkedIn definidos pelo usuário, como nome ou sobrenome, você pode personalizar suas mensagens para os destinatários.
  2. Adicione um formulário do LinkedIn para geração de leads.
  3. Concentre-se em uma mensagem principal para que a carta de apresentação não fique muito longa.

4. Anúncios de texto do LinkedIn 

Os Anúncios de Texto do LinkedIn podem ser descritos como o formato clássico entre as possibilidades de conteúdo patrocinado. Os anúncios de texto são exibidos acima do feed de notícias ou na coluna direita ao lado do feed. Você pode incluir uma imagem de visualização relativamente pequena nos anúncios de texto, o que pode atrair a atenção do usuário se for visível o suficiente. 

Três dicas

  1. Lembre-se de que você não pode alcançar usuários móveis com este formato. Porque os anúncios de texto do LinkedIn só são visíveis quando os usuários estão online no desktop.
  2. A tela é relativamente pequena. Portanto, é ainda mais importante: Formule uma mensagem e use palavras-sinal – nítidas e curtas!
  3. Crie uma página de destino para cada campanha que será acessada após clicar.

5. Anúncios dinâmicos do LinkedIn 

A funcionalidade do LinkedIn Dynamic Ads permite que o design do anúncio seja adaptado dinamicamente ao perfil do visualizador. A forma como o LinkedIn é exibido varia dependendo de quem está olhando para ele. 

Eles aparecem na barra lateral direita e são automaticamente adaptados em termos de conteúdo e aparência ao perfil da pessoa a quem estão sendo visualizados. Por exemplo, o nome ou a foto do perfil do visualizador é “extraído” do respectivo perfil do LinkedIn e incorporado no modelo de anúncio que você criou. Assim, os Anúncios Dinâmicos do LinkedIn oferecem um alto grau de personalização e podem atingir seus clientes em potencial com precisão. Existem quatro formatos diferentes para isso:

Anúncios de Seguidor 

Este anúncio incentiva os espectadores a seguir sua empresa ou página principal. Isso pode ajudá-lo a expandir seu grupo-alvo e conscientização, ganhando mais seguidores para sua empresa do LinkedIn ou página de foco e, assim, aumentando as interações lá. 

Anúncios Spotlight

Este formulário é usado em conjunto com uma frase de chamariz (CTA) e pode ser complementado com um link para uma página de destino ou seu website. Você só pode usar sua própria imagem de plano de fundo com os Anúncios Spotlight, o que os faz parecer mais evidentes e valiosos em comparação com as outras formas.

Anúncios de Conteúdo

O formato de anúncio de anúncios de conteúdo está disponível atualmente apenas por meio de campanhas gerenciadas pelo LinkedIn. Os Anúncios de Conteúdo do LinkedIn oferecem uma maneira simples e eficaz de apresentar seu conteúdo a seus grupos-alvo e torná-lo acessível rapidamente.

Este anúncio é a escolha certa para chamar a atenção para conteúdo especial, como e-books ou white papers. Ao projetar, você pode combinar textos, imagens e vídeos de visualização. Isso irá encorajar downloads de conteúdo – dentro do anúncio. 

Conteudo em anúncios no LinkedIn
Conteudo em anúncios no LinkedIn

Anuncios de emprego 

Um clássico dos anúncios do LinkedIn. Para que o anúncio seja exibido apenas para o candidato certo, ele pode ser adaptado à experiência e conhecimento do candidato a emprego e personalizado.

Três dicas

  1. Use uma mensagem clara e, se o formato permitir, uma frase de chamariz clara.
  2. No caso de anúncios de seguidores, é essencial definir o grupo-alvo para que seus seguidores existentes não vejam o anúncio. 
  3. A personalização, por exemplo, a foto do perfil exibida, atrai a atenção para o anúncio, mas isso não significa necessariamente que ele foi clicado. O resto do anúncio precisa ser alinhado e gerar cliques.

Criar campanha

Com a ajuda do gerente de campanha, você pode criar sua campanha em seis etapas usando um menu bem guiado.

Etapa 1: Defina as metas da campanha

Primeiro, defina sua meta de campanha. O LinkedIn oferece três objetivos diferentes aqui.

Os três objetivos são:

  1. Conscientização da Marca
    O objetivo é divulgar a publicidade o mais amplamente possível, de forma a informar um grupo maior de pessoas sobre sua empresa, seus produtos e serviços e novidades.
  2. Consideração
    O objetivo é mais tráfego, interação e engajamento – na forma de curtidas, compartilhamentos e comentários. Seja no LinkedIn, em uma página de destino de um novo produto ou evento ou em seu site. O objetivo também é garantir que os vídeos sejam vistos e compartilhados por mais pessoas. 
  3. Conversões
    Esta meta significa: Gerar leads, informar as pessoas sobre as vagas e receber as inscrições adequadas e conseguir conversões de sites, como inscrições para o boletim informativo e downloads. 

O LinkedIn anuncia que sua campanha será exibida para aquelas pessoas que, com base em uma avaliação baseada em sua experiência anterior, são mais propensas a responder aos seus anúncios da maneira que desejam.

Etapa 2: Definir o grupo-alvo

Você define seu grupo-alvo fazendo a seleção certa para você a partir de uma infinidade de fatores. Por sua vez, o LinkedIn oferece uma série de grupos-alvo prontos que você também pode acessar diretamente. 

No entanto, se ainda não o fez, é aconselhável que desenvolva uma ideia precisa do seu grupo-alvo, para que a sua campanha seja adaptada precisamente aos desejos e necessidades dos seus potenciais clientes.

Você não precisa usar todas as opções que o LinkedIn oferece para escolher seu público. Mas também aqui, quanto mais específicos forem os critérios do seu grupo-alvo, mais relevante será o anúncio para quem o vê durante o período da campanha. E isso tem um efeito positivo no ROI.

Etapa 3: Selecione o formato do anúncio

Escolha o formato de anúncio certo para sua campanha. Já apresentamos os vários formatos para você.

Etapa 4: Colocação

Você pode decidir se seu anúncio deve ser exibido na Rede de público do LinkedIn além do LinkedIn. Isso significa que o LinkedIn não apenas coloca seu anúncio em sua plataforma, mas também automaticamente por meio de sites e aplicativos de seus parceiros. 

De acordo com o LinkedIn, isso deve significar que seu anúncio será visto por até 25% mais pessoas em seu grupo-alvo.

Etapa 5: Determine o orçamento e o cronograma

O quinto passo agora é sobre fatos concretos: dinheiro! O orçamento está definido.

Despesas

Aqui você tem a escolha entre a definição

  • um orçamento diário,
  • um orçamento de tempo de execução ou
  • um orçamento diário e de tempo de execução.

Recomendamos começar com um orçamento diário gerenciável. Sua primeira campanha é para ter uma ideia de como uma campanha funciona no LinkedIn.

Antes de investir um grande orçamento em uma campanha, é absolutamente aconselhável testar e, acima de tudo, medir suas chances de sucesso e as variantes de exibição individuais que são adequadas para você. Uma campanha cara que não ressoa com seu público-alvo é o dinheiro queimado.

Horário

Você define a data de início de sua campanha e, em seguida, pode selecionar uma data de término ou criar a campanha sem qualquer restrição de duração. 

Para sua primeira campanha, uma a duas semanas deve ser o suficiente para obter uma visão inicial do processo e da dinâmica. Se estiver indo bem, você sempre pode continuar. Ou use os resultados para realizar otimizações.

Você também pode começar criando duas campanhas que são idênticas na forma, mas diferem no público-alvo. Ambos então iniciam um teste executado em paralelo para que você possa ver semelhanças e diferenças no curso em uma comparação direta e tirar conclusões delas. Você pode descobrir mais sobre a ferramenta de análise “Teste A / B” abaixo.

Tipo de lance

Você pode escolher entre três opções de lance:

  • Lance automático
    O LinkedIn calcula o valor que provavelmente alcançará o melhor resultado para o seu orçamento, levando em consideração a meta de campanha especificada e a opção selecionada, é claro.
  • Lance máximo de custo por clique (CPC)
    Um valor só será cobrado quando alguém realmente clicar em seu anúncio. O LinkedIn sugere uma faixa de lance que depende da concorrência e do seu orçamento. Quanto mais anunciantes licitarem em uma campanha comparável, mais alto seu lance deve ser para que seu anúncio seja exibido. O lance que você faz representa a taxa máxima que pode ser paga . Se a taxa atual estiver abaixo do seu lance máximo, apenas a taxa mais baixa será aplicada.
  • Lance de custo máximo por mil impressões (CPM) 
    Um determinado valor será cobrado quando seu anúncio for visualizado mil vezes. Esta opção não estará disponível se você tiver optado por distribuir por meio da Rede de público do LinkedIn na etapa 4 (colocação).

Três dicas

  1. Se sua meta é fazer com que o maior número possível de usuários vejam seu anúncio, o lance de CPM é a melhor solução para você.
  2. Se você deseja que mais membros do LinkedIn cliquem em seu anúncio, por exemplo, para aumentar o tráfego em seu site, um CPC pode ser uma solução melhor.
  3. Você pode tentar uma vez para reduzir gradualmente seu lance para encontrar o valor de lance ideal.

6. Acompanhamento de conversões (opcional)

Esta opção permite rastrear as conversões. Você pode medir o que exatamente acontece depois que os clientes em potencial clicam em seu anúncio. Você pode decidir se deseja ou não aplicar o acompanhamento de conversões à sua campanha. Para que o rastreamento funcione, uma tag do LinkedIn Insight deve ser integrada ao seu site; aspectos de proteção de dados também devem ser observados para isso.

Resultados previstos

O resultado da previsão é exibido no lado direito enquanto você cria sua campanha. A previsão é ajustada se você alterar os fatores meta da campanha, grupo-alvo, orçamento e período, etc. 

Dependendo do formato do anúncio selecionado, as informações sobre os resultados da previsão serão alteradas. Para a previsão, são analisados ​​o lance, o orçamento, os grupos-alvo e o período, ou seja, as datas de início e término da campanha. Dados de campanhas semelhantes também estão incluídos na análise. Isso resulta em uma previsão dos custos e resultados esperados.

Para sua primeira campanha, você pode usar essas informações para orientá-lo na escolha do formato do anúncio. O formato escolhido provavelmente será o que melhor se adapta ao seu orçamento. 

Controle, medição de sucesso e otimização

Avalie e otimize sua campanha.

Depois de começar sua primeira campanha no LinkedIn, comece a verificar. Porque somente se você ficar de olho no desempenho de sua campanha, poderá garantir que está alcançando seus objetivos de campanha. 

Funções de relatório no gerente de campanha

O gerente de campanha do LinkedIn fornece dados em tempo real e vários números-chave para medir e otimizar o sucesso. Para atingir um alto ROI, é fundamental manter-se atualizado e fazer ajustes quando necessário.

Teste A / B

Mesmo pequenas alterações no título, imagem ou call to action podem ter um impacto notável. Um teste A / B pode ser usado para testar isso.

Com este método de teste, você pode ter duas variantes de um anúncio competindo entre si para testar qual variante será melhor recebida por seu grupo-alvo. Para que a causa dos diferentes sucessos possa ser definida o mais claramente possível, as variantes devem diferir em apenas um elemento.

Continue com as campanhas mais bem-sucedidas. Quem fica aquém das expectativas é contratado. Os insights obtidos com o teste A / B também podem ser úteis para tomar decisões informadas sobre segmentação e formatos para campanhas futuras.

Funções de rastreamento no gerenciador de campanha

Apenas a avaliação precisa das métricas permite a otimização contínua. 

Acompanhamento de conversões

O Rastreamento de conversões do LinkedIn é um recurso analítico suportado pela tag LinkedIn Insight. Conversões são ações que os usuários realizam em relação ao seu anúncio. O acompanhamento de conversões coleta insights sobre conversões pós-clique e conversão de exibição de sua campanha publicitária do LinkedIn e dá a você a oportunidade de medir o impacto e o ROI de seus anúncios.

Os dados também fornecem informações sobre quantos leads sua campanha foi capaz de gerar e quão altos são os custos por lead. A partir disso, pode-se saber quais grupos-alvo e formatos de anúncio trazem o máximo de sucesso para ajustar as configurações da campanha, como orçamento ou duração, se necessário. 

Dados demográficos

Você pode usar os dados demográficos para descobrir quais grupos-alvo respondem melhor ao seu conteúdo patrocinado. Esses dados podem valer seu peso em ouro se você usá-los corretamente. Você pode refinar os parâmetros do seu grupo-alvo, dividir o grupo-alvo a fim de minimizar o desperdício ou se concentrar nas partes interessadas que são mais atraentes.

Dicas de otimização:

  • Projete seus anúncios da melhor maneira possível para dispositivos móveis. A navegação, a apresentação das landing pages ou landing pages e a entrada de informações também devem ser amigáveis ​​ao usuário no dispositivo móvel.
  • Basicamente: você nunca para de aprender! Crie sua campanha, teste, otimize e aprenda com ela. Você usa as descobertas para sua próxima campanha, na qual certamente descobrirá algo novo que o ajudará.

Conclusão

O LinkedIn oferece uma variedade de vídeos em que o uso dos formatos de conteúdo é explicado. Você pode obter informações detalhadas sobre as diferentes possibilidades no vídeo “ Criar uma campanha de conteúdo patrocinado ”.

Em resumo, anunciar no LinkedIn pode compensar. As condições para uma segmentação feita sob medida são ótimas e a função de relatório fornecida no gerenciador de campanha permite que as métricas essenciais sejam acessadas em tempo real, para que você possa fazer as alterações necessárias a qualquer momento.

Quanto melhor você conhecer seu grupo-alvo e estiver familiarizado com as funções dos formatos de conteúdo patrocinados, menor será o desperdício e maior será o impacto publicitário de sua campanha no LinkedIn.