A comunicação eficaz é uma via de mão dupla. Por um lado, existe aquele que se expressa. Do outro, está aquele que recebe a mensagem. Infelizmente, ouvir com atenção é difícil para muitos. Este artigo sobre escuta ativa ajuda você a superar esse tipo de dificuldade.

Escuta ativa

Essa técnica de comunicação foi iniciada pelo psicólogo americano Carl Rogers. Também é chamado de escuta compreensiva. É preciso saber ouvir com atenção o que o outro tem a nos dizer. A escuta ativa convida você a capturar cada detalhe da mensagem, verbal ou não, da pessoa que se comunica com você. Isso permite que ele saiba que sua atenção está focada nele e que você ouviu e entendeu sua mensagem. Essa capacidade de escuta o projeta no universo do interlocutor.

Esta forma de comunicação cria um clima de confiança com o seu interlocutor. Assim, ele se sente livre para se expressar como quiser, sem julgamento de sua parte.

O objetivo da escuta ativa não é reformular o que a pessoa à sua frente está lhe dizendo, mas decodificar suas palavras, para uma análise mais detalhada.

Como conseguir ouvir o outro com atenção?

Não interrompa o seu interlocutor

O primeiro passo para ouvir com amor é deixá-lo falar clara e livremente. Isso pressupõe que você não terá que interrompê-lo. Na verdade, muitas vezes acontece de nós cortarmos nosso interlocutor para que ele saiba que entendemos. Erro a ser evitado absolutamente. Você também precisa ir além da mensagem verbal. Por exemplo, interprete os gestos como tiques, fluxo rápido ou olhar evasivo.

Adapte-se à sua personalidade

Para que o outro tenha total confiança em você, tente modelar seu estilo de comunicação com o dele. Na verdade, imitando sua maneira de falar, seus tiques de linguagem, seus momentos de silêncio, seu parceiro se sentirá mais à vontade.

Incentive-o a aprofundar seu ponto de vista

Quando ele terminar de falar, tente obter mais informações dele. Questione a outra pessoa se não tiver certeza de que entendeu os pensamentos dela. No entanto, tome cuidado para não oferecer soluções ou opiniões. A ideia é convidá-lo a expressar seus pontos de vista com precisão.

Demonstrar disponibilidade

A outra chave para a escuta ativa é saber reformular a mensagem compartilhada por seu interlocutor. Isso permite que você demonstre sua disponibilidade , física e temporalmente, em relação ao outro. Ao reformular o que ele disse, você mostra que está no meio da conversa. O resultado é um relacionamento pacífico.

Seja paciente

Evite ficar impaciente, como se quisesse terminar a discussão o mais rápido possível. Não devemos permitir que apareça qualquer sinal de frustração ou impaciência. Também deve se abster de gestos que possam desconcertar o interlocutor: suspiro ruidoso, olhar perdido no teto, etc.